Text

Objetivo

A ADERJ – Associação de Atacadista e Distribuidores do Estado do Rio de Janeiro-, promove o desenvolvimento do Comércio de Distribuição e de Atacado do Estado, dando visibilidade a sua real importância no cenário econômico fluminense.

Interagindo com outras entidades e órgãos com atribuições relacionadas as mesmas atividades, sempre buscando a defesa dos interesses do setor.

Nossa história está salpicada de acontecimentos onde fomos fundamentais na defesa desses interesses.

Representamos as empresas Distribuidoras e Atacadistas estabelecidas no Estado do Rio de Janeiro junto à ABAD-Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados de Consumo Básico, assim como promovemos a realização de congressos, convenções, Fóruns, seminários entre outros eventos que tragam benefícios para nossas associadas.

Promovemos o desenvolvimento do Comércio Atacadista e Distribuidor do Estado do Rio de Janeiro, de forma a fazê-lo assumir seu papel na economia profissionalmente.

Sempre informado das novidades para maior desempenho na distribuição de produtos industrializados e outros bens de consumo em todo o Estado.

Representar a categoria junto aos órgãos públicos, sejam eles estaduais ou municipais, buscando soluções e defesa para maior competitividade e igualdade com outros Estados vizinhos, promovendo a troca de informações e estudos destinados ao aperfeiçoamento do Sistema Estadual e Nacional de Abastecimento, atualizando sempre que necessário a Legislação pertinente principalmente nós últimos anos, quando o país começou a enfrentar sua pior crise financeira da história contemporânea.

Essa crise foi mais sentida exatamente no Estado do Rio de Janeiro e a ADERJ foi incansável na defesa das associadas em todos os âmbitos, amenizando problemas principalmente de ordem tributária como a manutenção dos incentivos fiscais conquistados pelo segmento.

Também alertamos logo no primeiro momento que o roubo de cargas no Estado do Rio de Janeiro em 2017 tinha aumentado sobremaneira e fornecemos subsídios para a imprensa e autoridades no que diz respeito a quantidade de roubos e rotas.